Mortandade de peixes foi o primeiro sinal de problema em água que abastece Piumhi

O primeiro sinal que algo estava errado na manhã desta terça-feira, 23, com a água do ribeirão Araras, que abastece toda a cidade de Piumhi, foi a mortandade de peixes, revelou o diretor do SAAE, Eduardo Assis, em entrevista à Onda Oeste FM. Agora a alternativa usada para abastecimento é o ribeirão Tabuões, que nasce em outra região e faz parte de operação estratégica.

A análise de laboratório deve sair em 5 dias e o SAAE não recomenda banhistas de utilizarem o Araras.

A Polícia Ambiental também foi acionada para iniciar investigação.