Montes Claros: Prefeitura pagará a catador R$ 0,20 por quilo de material reciclável

Montes Claros: Prefeitura pagará a catador R$ 0,20 por quilo de material reciclável

Aconteceu na tarde desta segunda-feira, 30, na Secretaria da Paróquia Nossa Senhora de Montes Claros e São José de Anchieta, no bairro Maracanã, em Montes Claros, mais um Fórum Municipal sobre Lixo e Cidadania, com o objetivo de estimular, legalizar e capacitar as associações de catadores para promover a inclusão social através da coleta seletiva.

Segundo o secretário municipal de Serviços Urbanos, Vinicius Versiani de Paula, a Prefeitura de Montes Claros instituiu o Programa Municipal Coleta Seletiva Solidária e Assistência aos Catadores de Materiais Recicláveis com o objetivo de estimular o reaproveitamento e reciclagem de materiais em geral, incluindo entre os instrumentos de sua política as coletas seletivas, os sistemas de logística reversa, e o incentivo à criação e desenvolvimento de cooperativas e outras formas de associação de catadores de materiais recicláveis.

De acordo com Versiani, a Prefeitura pagará, para cada associação de catadores, R$ 82,50 por tonelada retirada da cidade, e, para cada catador, R$ 0,20 centavos por quilo de material reciclável, independentemente do seu valor de mercado, já que é este o custo atual do município para enterrar este material. Além de promover a cidadania, a Prefeitura reduzirá a quantidade de resíduos descartados, ajudando na qualidade do meio ambiente e proporcionando geração de emprego e renda com a coleta seletiva de resíduos sólidos para fins de reciclagem.

Para a presidente da Associação dos Catadores do Monte Sul, Maria do Socorro Guimarães Soares, esta iniciativa da Prefeitura está sendo fundamental para a melhoria da qualidade de vida dos catadores. “O apoio que a Prefeitura vem nos dando está sendo uma maravilha. Além disso, estamos também recebendo o apoio do Ministério Público e das igrejas católica e evangélica, graças a Deus”, comemorou.