Mais de 500 animais aquáticos são retirados do Córrego do Cintra em Montes Claros

Cerca de 500 peixes, principalmente tilápias, além de 80 cágados, foram transportados do Córrego do Cintra, em Montes Claros, para a Lagoa do Interlagos nesta semana, por uma equipe da empresa Data Fauna, contratada pela CROS Construtora por determinação da Prefeitura. A ação foi acompanhada por biólogos e servidores da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável. Desde a quarta-feira, 18, trabalho semelhante vem sendo realizado na lagoa do terreno onde será construído o Parque Belvedere. Lá existe a suspeita, inclusive, da existência de jacarés. Os espécimes capturados serão soltos na Lagoa dos Portugueses, na região do Grande Delfino Magalhães.

Segundo o analista e biólogo da Gerência de Normatização e Controle da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Thiago Silva, tanto a Lagoa do Interlagos, no Esplanada, quanto a dos Portugueses, no Delfino, são habitat natural das espécies capturadas. “Já o Córrego do Cintra está totalmente poluído e a Lagoa do Belvedere assoreada, com existências de tabuas”, justificou o servidor, elogiando as ações desenvolvidas pela equipe da empresa Data Fauna.

Coordenadora das ações de captura, a bióloga Maria Fernanda Silveira Santos disse que o trabalho na Lagoa do Belvedere é mas difícil e pode demorar alguns dias.

O secretário municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Paulo Ribeiro, explicou que a retirada das espécies da Lagoa do Belvedere é necessária porque o local será escavado para ampliação do espelho d`água.