Connect with us

Economia

Lago de Furnas alcança cota mínima de 762 metros

Published

on

Semana histórica para o Lago de Furnas – tanto para a geração de energia quanto para as cidades que dependem da represa: o volume útil passou os 50%, o melhor cenário em um ano e meio, de acordo com o Operador Nacional do Sistema (ONS), atingindo a cota mínima de 762 metros (acima do nível do mar) defendida por movimento de prefeitos e sociedade civil, nível que atenderia a hidrelétrica e as atividades turísticas e econômicas.

Em setembro do ano passado, o volume útil era de 13%.

O desafio, por ora, é manter o nível, com o empenho dos políticos da região lá em Brasília.

Jornalista e editor dos sites Da Redação, Front Pages News e Cura Plena. Escritor do 'Museu da Notícia' e 'Quer um conselho?'.

Continuar Leitura
Advertisement
Advertisement

Mais vistas