Kalil não cede e Belo Horizonte continua com mesmo protocolo

Em coletiva na tarde desta sexta-feira, o prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, anunciou que a capital continua com o mesmo protocolo, sem avanço e sem recuo nas medidas sanitárias para o controle da pandemia. São 86 óbitos em decorrência da doença no município, um dos menores índices entre as capitais brasileiras.

A Secretaria da Saúde de Belo Horizonte afirma que não vão faltar leitos de atendimentos, e vai abrir novas vagas de acordo com a necessidade e o planejamento de enfrentamento à doença.

Durante a coletiva, a equipe de Kalil leu manchetes de jornais de meses passados do governador Romeu Zema supostamente debochando do avanço do Coronavírus.