Justiça nega pedido para suspender manifestação

Justiça nega pedido para suspender manifestação

A Prefeitura de Campo Grande (MT) não conseguiu impedir na Justiça a realização de manifestações a favor do fim do isolamento.

Em várias cidades do Brasil, há dias, empresários apoiam com buzinaço o presidente Jair Bolsonaro pela retomada da economia provocado pelo confinamento da população em decorrência do Coronavírus.

De acordo com o portal Campo Grande News, o juiz David de Oliveira Gomes Filhos, da 2ª Vara de Direitos Coletivos e Individuais Homogêneos, ‘não há motivos suficientes para a apreensão de aparelho celular de manifestantes’.

O magistrado extinguiu o processo.