Ipatinga recebe parecer favorável para instalação de Delegacia da Polícia Federal

O sonho de uma maior comodidade para usufruir da prestação de serviços da Polícia Federal (PF), em atendimento a uma antiga demanda da comunidade regional, está agora muito próximo de se tornar realidade, beneficiando os ipatinguenses e moradores de todo o Vale do Aço. Após meses de negociações, o Executivo de Ipatinga recebeu nesta quarta-feira (18) a confirmação técnica quanto à viabilidade concreta de implantação de uma delegacia da instituição na cidade.

A boa notícia foi dada pelo Superintendente-Adjunto da Polícia Federal em Minas Gerais, Alexandre Eustáquio Braga, e o agente da PF, Ricardo de Faria Marsicano, que se deslocaram até Ipatinga para anunciar o interesse para implantação do órgão em reconhecimento às necessidades.

Estudo técnico

Um estudo técnico de viabilidade foi feito pela Polícia Federal, a pedido do Executivo municipal, e os resultados apontaram que a cidade possui todos os requisitos para comportar a abertura de uma Delegacia da PF. A unidade seria de médio a grande porte, podendo receber cerca de 40 servidores para atender todo rol de serviços prestados pelo organismo.

Além da grande demanda para emissão de passaportes, documento básico para viagens internacionais requisitado diariamente pelos moradores da região (que atualmente precisam se deslocar até Governador Valadares ou Belo Horizonte para serem atendidos), há também outro aspecto favorável à abertura de uma delegacia em Ipatinga. De acordo com os representantes da PF, cerca de 800 inquéritos relacionados à região do Vale do Aço tramitam hoje na capital mineira. O alto número de processos também embasa a necessidade de uma sede do órgão na região.

Prefeitos do Vale do Aço e outras representações da comunidade regional deverão se reunir nos próximos dias para engajamento em favor do benefício.

A demanda havia sido apresentada à PF em Belo Horizonte, e o Executivo municipal foi orientado a solicitar a realização do estudo, um levantamento técnico para conhecer a realidade da região. Além de atender a comunidade do Vale do Aço com serviço mais completo, a chegada do órgão também gera emprego e renda, uma vez que virão agentes e policiais para trabalharem, residirem e consumirem na região.  

Vantagens

Emissão de passaporte, controle migratório, acordos celebrados pela Polícia Federal com organismos nacionais e internacionais, informações de interesse para os aposentados e pensionistas da PF, controle de armas, leilões organizados pelo órgão, produtos químicos e segurança privada são alguns dos serviços que estarão à disposição da população com a chegada da Delegacia da Polícia Federal.