Ipatinga: classificação do programa ‘Saúde na Noite’

Ipatinga: classificação do programa ‘Saúde na Noite’

Foi publicado nesta terça-feira (7), no Diário Oficial do município de Ipatinga, no site da prefeitura (www.ipatinga.mg.gov.br), o resultado final do Processo Seletivo para contratação de 56 profissionais para preenchimento de vagas na área da saúde. O certame foi aberto em dezembro de 2019 para suprir necessidades operacionais do programa ‘Saúde na Noite’, que ampliará o atendimento ao público em 11 Unidades Básicas de Saúde (UBS’s), a partir de fevereiro próximo. Ao todo, se apresentaram 731 inscritos para as funções de auxiliar de saúde bucal, dentista, enfermeiro, médico e técnico de enfermagem. São seis vagas para auxiliar de saúde bucal, seis para dentista, 11 para enfermeiro, 11 médicos e 22 técnicos de enfermagem.

A convocação será feita de acordo com demandas da Secretaria Municipal de Saúde, respeitada a ordem de classificação e, também, o número de vagas existentes ou que vierem a existir durante o período de validade do processo. O aviso ao classificado será feito por meio de carta encaminhada ao endereço fornecido no ato da inscrição, e ainda pelo site da PMI, no link Diário Oficial, informando a data-limite para apresentação do candidato. Aquele que não se apresentar no prazo determinado perderá o direito à vaga.

Saúde na Noite

O Programa Saúde na Noite vai oferecer atendimento noturno em 11 Unidades Básicas de Saúde a partir do mês que vem. Nestes locais específicos, além do expediente convencional, a comunidade será assistida também de 16h às 22h, de segunda a sexta-feira. Os serviços que serão ofertados à população incluem desde consultas médicas e odontológicas à realização de curativos, teste de rastreamento para Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST’s) e aplicação de vacinas, entre outros procedimentos.

Das 11 Unidades Básicas que funcionarão em horário ampliado, cinco contarão com atendimento médico e odontológico. São as UBS’s dos bairros Esperança, Canaã, Limoeiro, Vila Celeste e Vila Militar. Já as Unidades de Saúde dos bairros Jardim Panorama, Iguaçu, Bom Jardim, Veneza II, Bom Retiro e Esperança II prestarão atendimento médico.

O funcionamento do ‘Saúde na Noite’ somente foi possível após a cidade atender exigências de adesão específicas do Programa Saúde na Hora, lançado em maio deste ano pelo Ministério da Saúde. Entre os requisitos estão manter a composição mínima das Equipes de Saúde da Família – com médico, enfermeiro, dentista e auxiliar de enfermagem – sem reduzir o número de equipes que já atuam no município. A UBS também deve funcionar sem intervalo de almoço, de segunda a sexta, e dispor de prontuário eletrônico implantado e atualizado.