Impasse: prefeitura de Poços de Caldas busca área fora do município para descarte do lixo

Impasse: prefeitura de Poços de Caldas busca área fora do município para descarte do lixo

A prefeitura de Poços de Caldas avalia novos locais, fora do município, para promover o descarte do lixo. Conforme informação da Secretaria Municipal de Serviços Públicos (SMSP), a opção mais viável para o momento, visando resolver de imediato o problema, é levar todo material recolhido para alguma cidade próxima, onde o aterro possua licença ambiental. Com esse objetivo, Poços está integrando um grupo visando a formação de um consórcio de municípios da região.

O secretário, Thiago Biagioni, informa que Poços não possui área apropriada para a instalação de um aterro, que cumpra as exigências da Lei de Política Nacional de Resíduos Sólidos/2010. Segundo ele, o texto, por exemplo, restringe o descarte de lixo em áreas próximas, até 20 km, do setor urbano. “Poços apesar de ser um município populoso, não possui nenhuma área onde seja possível instalar um aterro, em acordo com a legislação”.

Biagioni acredita, que o impasse em relação ao aterro controlado em Poços, só será resolvido com o fechamento definitivo, porque há mais de 50 anos funciona no local um serviço insatisfatório e de forma irregular. Na avaliação do secretário, ainda, os problemas que ali ocorrem, de cunho ambiental como a poluição das águas, presença de catadores e de animais, “só serão solucionados com o fechamento imediato da área”, ressaltou.