Homem de 33 anos é suspeito de financiar mega-assalto de Araçatuba

Três pessoas foram presas nesta terça-feira, 7, em Sorocaba, por ligação ao mega-assalto de Araçatuba, também no interior paulista. Um deles é apontado como o financiador do ato criminoso, que deixou dois moradores mortos. Ele tem 33 anos e revelou que custo para invasão de três agências bancárias foi de R$ 600 mil. A mulher dele também foi presa – ambos já eram procurados por tráfico de drogas.

A Polícia Civil encontrou no imóvel do casal, em bairro da periferia de Sorocaba, além de BMW e uma Amarok, material de contabilidade de uma facção.

No total, 10 pessoas já foram presas.