Há resistência, mas Patriota deve ser o partido de Bolsonaro para 2022

Nesta segunda-feira, 31, o caminho para a candidatura de Bolsonaro em 2022 pelo Patriota promete ser pavimentado. É que convenção nacional ocorre com o objetivo de mudar direções regionais resistentes ao nome do presidente, que deve receber o convite oficial na terça-feira, informa o Poder 360.

Atualmente Bolsonaro está sem partido.

Concorreu à presidência em 2017 pelo PSL, quando esteve perto de se filiar ao Patriota.