Funerária deixa caixão com corpo na porta de residência errada

Funerária deixa caixão com corpo na porta de residência errada

O caixão com um corpo que saiu de Varginha, Sul de Minas, com destino a Arneiroz (CE) foi deixado na porta de residência da zona rural da cidade de Tauá (CE) por engano.

Em entrevista ao G1, o delegado Gisleian Lima contou que os funcionários que prestaram serviço para funerária mineira eram terceirizados e erraram o local.

Sem encontrar ninguém, os funcionários deixaram o caixão na porta da residência e voltaram para a cidade com o objetivo de telefonar para funerária e confirmar as informações.

IML de Lavras

Segundo a assessoria de comunicação da Prefeitura de Varginha, o corpo foi levado até o Instituto Médico Legal (IML) para ser preparado para a longa viagem e a responsabilidade é de uma funerária particular da cidade.

O corpo foi sepultado no domingo, 26, em Arneiroz (CE).