Fugitivo de triplo homicídio foi apelidado de Papai Noel

Paulo Cupertino, acusado de matar o ator (e namorado da sua filha) Rafael Miguel e seus pais, esteve escondido em uma fazenda em Liberação, no Paraguai, aponta novo capítulo da investigação de sua fuga que seguiu denúncia anônima realizada ao programa Cidade Alerta. Antes, ele teria passado por um sítio de um amigo no Mato Grosso do Sul. De acordo com testemunhas, ele está sempre de boné e cultiva uma longa barba branca.

Ele brincava com os funcionários da fazenda e era considerado ‘calmo e gentil’.

Ganhou o apelido de Papai Noel.