Festa Chilena traz o melhor da gastronomia do país andino para Belo Horizonte

De acordo com agências e especialistas em turismo, Santiago já é o terceiro destino mais procurado por belo-horizontinos quando decidem viajar para o exterior. O vinho chileno é destaque nas enotecas, gôndolas de supermercados, bares e restaurantes da capital mineira. E, a cada ano, aumenta o número de nascidos no país andino residindo em Minas Gerais. Por tudo isso, a terceira edição da Festa Chilena em BH tem tudo para se solidificar ainda mais como destaque no calendário cultural da cidade. 

Inicialmente proposta para reunir a comunidade chilena em Belo Horizonte, hoje o evento traz consigo um objetivo mais ousado: estreitar a relação entre o Chile e Minas Gerais por meio da gastronomia e da música, dois pontos destacados das culturas do Estado e do país. Por isso, a festa estará recheada de comidas típicas, atrações artísticas e costumes da terra de Neruda, mas com uma pitada de mineiridade. 

Este ano, a festa irá acontecer no espaço em frente ao Museu Abílio Barreto, na Cidade Jardim. Outra novidade é que, a partir da segunda edição, foi criada a Associação Cultural Minas-Chile, dedicada a organizar o evento e disseminar a cultura chilena no Estado. Marcada para o dia 28 de setembro, a festa começa às 10h e vai até as 18h. Os ingressos, gratuitos, precisam ser retirados na plataforma Sympla, já que o espaço é sujeito à lotação. 

Interação

Diretor da Associação, o chileno Osvaldo Castro comemora a chegada de mais uma edição da festa. “Durante anos, nossos encontros eram limitados às nossas próprias casas, não havia uma oportunidade para nos reunirmos, nos conhecermos. A festa nos propicia isso, além de podermos mostrar um pouco da nossa cultura aos mineiros, que nos receberam tão bem. Estamos muito empolgados”.

Os últimos dias antes da festa serão de muito trabalho e dedicação para que tudo saia de acordo com o que foi planejado. É o que promete o produtor cultural e coordenador da festa, Lino Ramos. “Nas duas primeiras edições, recebemos mais de quatro mil pessoas. Além disso, neste ano, uma barraca de comida típica chilena tem participado de outros eventos gastronômicos de BH. Tudo isso faz com que a responsabilidade aumente”, diz Lino, mineiro de Ipatinga e casado com uma chilena. “O brasileiro passou a visitar mais o Chile e se interessar mais por sua cultura, que é tão rica. Por isso queremos preparar tudo com muito carinho”. 

Dentre os destaques gastronômicos, os visitantes poderão experimentar as autênticas empanadas – tradicionais do Chile, e não da Argentina, como normalmente se pensa –, sopaipillas e antichucos. Esses dois, só conhecendo para saber! Além, é claro, de uma gama variada de vinhos e do famoso “terremoto”. No palco, atrações musicais típicas dos Andes e outras intervenções artísticas. 

Organizado pela Associação Minas-Chile, o evento conta com produção do Projeto BH Cult e com o apoio do Governo do Chile, Casa Rio Verde, Cervejaria Backer, Associação Brasileira de Sommeliers (ABS), Escola de Teatro Confesso, Umami Comunicação em Gastronomia e Gráfica Impressões de Minas. 

SERVIÇO

3º Edição da Festa Chilena em BH

Data: 28 de Setembro

Horário: 10h às 18h

Local: Espaço em frente ao Museu Abílio Barreto

Endereço: Avenida Prudente de Morais, 202 – Cidade Jardim

Ingressos: Gratuitos, retirados na Plataforma Sympla

Informações: (31) 98888-1560