Ethereum: a criptomoeda que é a ‘evolução’ do Bitcoin chega à bolsa

A próxima semana marca um divisor de água para as criptomoedas com a chegada da Ethereum no futuros da Bolsa de Valores de Chicago (CME), considerada por muitos especialistas a ‘evolução’ de sua principal concorrente, o Bitcoin. A diferença do segundo para o líder em negociação mundial é que ela oferece plataforma de contratos inteligentes e de programação de aplicativos, também descentralizado — característica que marca as criptmoedas.

A valorização do Ether (a moeda do Ethereum) somente este ano é de 120% — nos últimos 12 meses, salto de 600% em dólar. Acaba de atingir seu recorde: US$ 1,5 mil.

Um bitcoin está valendo R$ 204,8 mil.