Eleições deste ano não terão biometria para evitar infecção

Eleitores de 63 municípios têm só até 10 de outubro para fazer o recadastramento

O prazo para o recadastramento biométrico obrigatório dos eleitores de 63 municípios mineiros termina em 10 de outubro. Entre esses municípios, estão Baldim, Raposos e Mário Campos, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.    Quem não fizer o recadastramento biométrico obrigatório dentro do prazo terá o título cancelado (veja a relação completa dos municípios).

Para fazer o recadastramento biométrico obrigatório, é necessário que o eleitor leve documento de identificação oficial e comprovante de endereço. Quem já tiver o título pode levá-lo, para facilitar o procedimento. Para o eleitor do sexo masculino com mais de 18 anos que for tirar o título pela primeira vez, também é necessário apresentar o comprovante de quitação com o serviço militar.

O atendimento é feito por ordem de chegada ou por agendamento, que deve ser feito no site do TRE-MG ou pelo Disque-Eleitor (148).

Biometria em Minas Gerais

Atualmente, 175 municípios do estado estão passando pelo processo de recadastramento biométrico obrigatório, com prazos se encerrando em datas diversas: 10 de outubro, 29 de novembro e 17 de dezembro de 2019, e 21 de fevereiro de 2020.

Do eleitorado mineiro, 40.92% já fez a biometria, o que representa 6.292.119 eleitores. Confira os números dos municípios mineiros.

Dúvidas podem ser esclarecidas no Disque-Eleitor (148) ou no cartório eleitoral responsável pelo município.