Decreto em Piumhi é ‘bonzinho’ diante do colapso, afirma quem está na linha de frente

Às vésperas de registrar o milésimo caso da pandemia, com lotação na Santa Casa de Piumhi e com dificuldades para encontrar vagas para pacientes mais graves no hospital regional, em Passos, Ivana Mara de Oliveira Rezende, que atua na linha de frente da Santa Casa de Piumhi e da Secretaria Municipal de Saúde, reconhece que a situação já é de colapso e afirma que o atual decreto em Piumhi, para fechamento às 19 horas de supermercados e 21 horas de bares e similares, é ‘bonzinho’ diante da gravidade do quadro. VEJA VÍDEO

‘O trabalho está totalmente estressante há mais ou menos 15 dias. O decreto, que considero ‘muito bonzinho’ exige cooperação da população’, afirma no mais contundente pronunciamento de uma autoridade sobre a pandemia em Piumhi, na tarde da quarta, 13.

Em Passos, o fechamento de bares e similares ficou estipulado para 18 horas me novo decreto.