Connect with us

Destaque

Cruzeiro se salva da terceira divisão, pelo menos por dívida

Published

on

Além de ter que apresentar significativa melhora em campo para se manter na divisão de acesso do Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro convivia até esta sexta-feira, 20, com o medo de cair mais um nível no futebol nacional por dívida de R$ 5 milhões com o Al Wahda, dos Emirados Árabes Unidos, pela contratação de Denilson, há cinco anos — o time mineiro chegou a perder 6 pontos no ano passado, a pedido da Fifa, por atraso dessa mesma dívida.

Ela foi quitada com R$ 15 milhões provenientes da venda da sede Campestre II, imóvel anexo à sede social, localizado na região da Pampulha, em Belo Horizonte.

‘Hoje resolvemos mais um dos nossos maiores problemas, dentre os diversos herdados’, afirmou o clube, em nota.

Jornalista e editor dos sites Da Redação, Front Pages News e Cura Plena. Escritor do 'Museu da Notícia' e 'Quer um conselho?'.

Continuar Leitura
Advertisement
Advertisement

Mais vistas