Crédito consignado pode ter carência, estudam bancos

Crédito consignado pode ter carência, estudam bancos

Os bancos estudam para período de carência no crédito consignado por conta da forte crise provocada pelo Coronavírus.

A informação foi dada pelo presidente da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), Isaac Sidney.

Ele afirmou em live com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, que os bancos estão saudáveis e sólidos.

Dois milhões de pedidos de renegociação de dívidas foram processados no Brasil para até 3 meses.