Corpo de criança segue desaparecido: mãe e companheira denunciadas

O corpo de Miguel dos Santos Reis, de 7 anos, continua sendo procurado desde 29 de julho, quando foi colocado dentro de uma mala e jogado em rio de Imbé, no Rio Grande do Sul, pela própria mãe, Yasmin Vaz dos Santos, de 26 anos. Ela está presa, junto com a companheira, Bruna Nathiele Porto da Rosa. De acordo com o Ministério Público, o menino foi morto por ser considerado pelo casal ‘um entrave no relacionamento’. Defesas negam o crime. Elas são acusadas de homicídio, tortura e ocultação de cadáver.

A denúncia, entregue na segunda-feira pela Promotoria de Tramandaí, no Litoral Norte do Estado, foi detalhada nesta terça-feira, 10, pelo MP, informa o G1.

‘Inclusive há elementos que dizem que elas estavam buscando constituir uma nova família. Mas aquela criança não faria parte dessa nova família’, afirma o promotor André Luiz Tarouco Pinto.