Coplacana faz investimento de R$ 6 milhões em Uberaba

Coplacana faz investimento de R$ 6 milhões em Uberaba

SABRINA ALVES

Com espaço de 1.400 metros quadrados e investimento de R$ 6 milhões, a Coplacana reinaugurou, nesta sexta-feira (13), sua filial em Uberaba. O local escolhido foi a Avenida Márcia Helena Moreira Silva, 205, Parque das Laranjeiras, às margens da rodovia BR-050. A cerimônia contou com a presença do prefeito Paulo Piau e de diversas autoridades políticas e do setor agro local e regional. O secretário-executivo do Ministério da Agricultura, Marcos Montes também esteve presente. 

Durante a cerimônia, o prefeito Paulo Piau destacou que a cooperativa, além da valorização comercial, é um instrumento social que fortalece o agronegócio brasileiro. “A Coplacana vem para somar. Vem para fortalecer Uberaba como a ‘capital do agronegócio brasileiro’. Uberaba, o Triângulo Mineiro e o Alto Paranaíba são as regiões mais promissoras do Brasil para o crescimento e desenvolvimento econômico. A Coplacana fez uma aposta correta colocando uma semente boa numa terra fértil que é Uberaba e que com certeza dará bons frutos”, destaca Piau.

Com proposta arrojada, a empresa pretende ampliar o seu faturamento de R$ 60 milhões/ano para R$ 100 milhões em três anos. O presidente Arnaldo Bortoletto também destaca Uberaba como uma das principais cidades do País para se investir. “Decidimos por esta nova instalação com a aposta de ampliar nossos serviços e produtos, sobretudo, o varejo. A região onde está inserido o município tem uma vocação agrícola muito forte e precisávamos de instalações mais modernas e melhor localizadas para atender aos nossos cooperados”, complementa. 

De acordo com o secretário José Renato Gomes, a conquista do novo investimento da Coplacana reforça o papel do poder público em apoiar o crescimento de quem já atua no município. “A Prefeitura de Uberaba está mostrando resultados da eficiência em agilidade para a atração de investimentos. A nova sede da Coplacana mostra que o mercado de Uberaba evidentemente está aberto a oportunidades de expansão a partir dos potenciais regionais em diversos segmentos, como é o caso do mercado do agro”, conclui.