Com pente-fino, fila do INSS deve atrasar ainda mais

INSS: confira as novas exigências para receber a pensão por morte

Com o anúncio do governo Bolsonaro em pente-fino em benefícios por incapacidade e no Benefício de Prestação Continuada (BPC), a fila do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) deve atrasar ainda mais.

De acordo com informações do jornal Agora São Paulo, após adiamentos no ano passado, a Secretaria da Previdência manifestou a intenção neste janeiro, o que não ocorreu.

O atraso seria motivo pela falta de pessoal para testar e operar o novo sistema de agendamento de perícias.

Elevado número de pedidos e falta de concurso

O elevado número de pedidos de aposentadoria meses antes da Reforma da Previdência associado a aposentadoria de servidores, sem novos concursos, está causando a fila.

São pelo menos 2 milhões de requerimentos aguardando análise.

Demissão do presidente do INSS

Para agravar a crise, o presidente do INSS Renato Rodrigues Vieira foi demitido – o cargo será ocupado por Leonardo Rolim, secretário da Previdência.