Com novo recorde, São Paulo passa 12 mil mortes e 200 mil casos

Epicentro da pandemia no Brasil, São Paulo passou a marca dos 200 mil casos nessa sexta-feira, 19, quando renovou o recorde novos pacientes contaminados também foi recorde no período: 19.030. O período foi o segundo pior em número de óbitos: 389, chegando a 12.232. Até o final do mês, de acordo com projeções do Governo do Estado, as vítimas fatais podem chegar a 18 mil.

O mesmo cálculo projeta 290 mil casos confirmados antes mesmo de julho.

Na Grande São Paulo, a taxa de ocupação das UTIs é de 70,5% e, no Estado, de 66,5%.