Clima dos poderes: o recado indireto do presidente do Senado a Bolsonaro

Com Bolsonaro acuado diante da pressão para abertura da CPI da Pandemia no Senado, o presidente da Casa, Rodrigo Pacheco (DEM), afirmou nesta segunda-feira, 22, sem citar nomes, que quem adota uma postura negacionista frente à pandemia faz uma ‘brincadeira de mau gosto, macabra e medieval’. Nesta quarta-feira, reunião tenta realizar uma colisão dos poderes e Pacheco acredita que o atual momento tem duas alternativas: a ‘união nacional’ ou o ‘caos nacional’.

Durante assinatura de novo decreto do Fundeb, Bolsonaro chegou a dizer que se o lockdown de 30 dias acabasse com o vírus, ele toparia.

Mas correu para também afirmar que até agora não foi convencido sobre isso.