Cinco partidos se mobilizam para derrubar PEC do voto impresso

Pelo menos cinco partidos se mobilizam para derrubar a PEC do voto impresso, defendida por apoiadores de Jair Bolsonaro, que inclusive ameaça não disputar eleição em 2022 se as urnas não forem ‘auditáveis’. A articulação são das lideranças do PSDB, DEM, MDB, Solidariedade e PSD, já confirma apuração tanto da CNN quanto do Estadão. ‘O nosso trabalho é para rejeitar esse absurdo. A gente vai fazer tudo para votar esse negócio do voto impresso e derrubar logo na comissão’, afirmou o presidente do DEM, ACM Neto.

‘Os partidos têm uma posição consolidada e isso reflete na comissão, onde existe uma maioria para manter o atual modelo de apuração’, se posiciona Gilberto Kassab, presidente do PSD.

Até o presidente do PSL, partido que Bolsonaro se elegeu em 2018, é contra: ‘É uma discussão absolutamente sem sentido. Não tem nada comprovado no histórico recente de que tenha acontecido fraude no passado’, afirmou o presidente Luciano Bivar.