covid eleições

Cientista diz que explosão do Covid começou nas eleições de novembro

Em entrevista ao jornal O GLOBO, o médico e neurocientista Miguel Nicolelis, professor catedrático da Universidade de Duke (EUA), afirmou que a explosão de casos nesta segunda onda da pandemia no Brasil começou com o trânsito de pessoas durante as campanhas municipais, realizadas em novembro do ano passado, culminando com feriados prolongados no fim de ano e no período que seria de Carnaval.

‘A explosão de forma sincronizada em todo o Brasil é decorrente das eleições (municipais, em novembro) e das aberturas indiscriminadas. Com as festas natalinas e o carnaval, explodiu de vez. Como medidas mais rígidas não aconteceram, infelizmente as previsões se concretizaram, e chegamos a um colapso. Hoje é difícil prever qual vai ser a taxa de óbitos daqui a duas, três semanas. A gente não consegue ver limite ou pico’.

Ele considera que o Brasil pode bater a marca de 500 mil mortes ainda em julho.