carrefour

Carrefour reverte venda no Dia da Consciência Negra

Diante da enorme repercussão da morte de João Alberto em unidade do Carrefour de Porto Alegre na quinta-feira, 19, a rede anuncia que vai reverter todo o valor das vendas desta sexta, 20, Dia da Consciência Negra para projetos antirracismo. ‘Essa quantia, obviamente, não reduz a perda irreparável de uma vida, mas é um esforço para ajudar a ajudar a evitar que isso se repita’.

Nas principais capitais do país, o dia foi marcado por protestos pacíficos e invasões a supermercados da marca, com destaque para unidade próximo à Avenida Paulista, onde manifestantes chegaram a atear fogo.

As unidades em todo o Brasil vão abrir neste sábado, 21, com duas horas de atraso para ‘reforçar o cumprimento das normas de atuação’.