Carrefour reverte venda no Dia da Consciência Negra

Carrefour reverte venda no Dia da Consciência Negra

Diante da enorme repercussão da morte de João Alberto em unidade do Carrefour de Porto Alegre na quinta-feira, 19, a rede anuncia que vai reverter todo o valor das vendas desta sexta, 20, Dia da Consciência Negra para projetos antirracismo. ‘Essa quantia, obviamente, não reduz a perda irreparável de uma vida, mas é um esforço para ajudar a ajudar a evitar que isso se repita’.

Nas principais capitais do país, o dia foi marcado por protestos pacíficos e invasões a supermercados da marca, com destaque para unidade próximo à Avenida Paulista, onde manifestantes chegaram a atear fogo.

As unidades em todo o Brasil vão abrir neste sábado, 21, com duas horas de atraso para ‘reforçar o cumprimento das normas de atuação’.