Câmera do Aeroporto de Piumhi flagra meteoro, partícula do cometa Halley

A câmera do tempo do Aeroporto de Piumhi captou entre a noite de quinta e sexta, 6 e 7 de maio, uma ‘estrela cadente’: o chamado Eta Aquarid foi considerado uma chuva de meteoros, com pico de mais de 60 por hora. De acordo com especialistas são partículas de poeira deixadas pelo cometa Halley, que é visível da Terra a cada 75 anos.

Além de câmera no centro de Piumhi e a instalada no Aeroporto, a rede de monitoramento do site Clima ao Vivo registrou o momento em diversas cidades.

Além das mineiras Piumhi, Pedro Leopoldo e Belo Horizonte, a paulista Viradouro e a goiana Caçu.