Bebê ‘desaparece’ do ventre de manicure encontrada morta

Mistério no caso da morte da manicure Thaysa Campos dos Santos, de 23 anos, que estava grávida de 8 meses e teve o corpo encontrado ao lado da linha férrea da Zona Norte do Rio de Janeiro em setembro do ano passado. De acordo com laudo do Instituto Médico Legal (IML), que o jornal EXTRA teve acesso, a vítima de assassinato o bebê que esperava não foi encontrado.

Ainda de acordo com a perícia, não havia indícios de que a barriga tenha sido cortada e sem vestígios de placenta.

De acordo com professor de medicina legal da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ) ouvido pelo jornal Nelson Massini, o mais provável é que o feto levado e tenha nascido vivo.