Apple é processada em R$ 10 trilhões por homem que diz ter celular trocado em conserto

Apple é processada em R$ 10 trilhões por homem que diz ter celular trocado em conserto

A primeira empresa norte-americana a valer US$ 1,5 milhão, a Apple, está sendo processada por um homem nos Estados Unidos que alega ter tido o seu iPhone 7 trocado durante conserto e que o aparelho seria o percursor de novidades implementadas no iOS 12 e iOS 13.

Raevon Terrel Parker pede indenização de US$ 1 trilhão em patente e o outro montante equivalente pelo seu aparelho — cerca de R$ 10 milhões na cotação atual —, que teria recursos como chamada em grupo no Facetime e outras opções, como dispensar informações na tela de carregamento inicial e mais rápida comunicação entre dispositivos.

Suspenso por não apresentar queixas na época do conserto do aparelho, o processo foi retomado neste mês com novas alegações.