Após Brumadinho, investidores questionam mineradoras

Foto: Luiz Santana

Um grupo de 100 investidores, capitaneado pelo fundo de pensão The Church of England, responsável por mais de US$ 14 trilhões questionou 727 mineradores sobre a transparência e segurança de suas barragens.

De acordo com informações do Estadão, um ano após a tragédia de Brumadinho (MG) o movimentou criou um banco global com dados de mais de 1,9 mil barragens.

ANM faz 24 autuações à Vale por tragédia em Mina em Brumadinho

Após o rompimento da barragem mineira da Vale, com deixou 270 vítimas diretas, o megafundo Calpers vendeu todos os bons (títulos de dívida) da companhia.

Vale: restrições de investimento

A gestora holandesa Robeco colocou a Vale em lista de companhias com restrições de investimento após o caso de Brumadinho.

Ainda de acordo com o Estadão, a Robeco e a Church Of England afirmaram que é cedo para reinvestir na Vale.

A Robeco que o posicionamento diante da mineradora brasileira vai mudar apenas quando a Vale fechar todas as barragens em situação de risco e implementar gestão ambiental de acordo com padrões de investidores globais.