ALMG debate cortes de verbas na Universidade Federal de Uberlândia

A Comissão de Educação, Ciência e Tecnologia da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) se reúne na próxima segunda-feira (16), às 10 horas, no Auditório do andar SE, para debater, em audiência pública, o impacto do corte de verbas federais para a Universidade Federal de Uberlândia (UFU), no Triângulo Mineiro.

O Ministério da Educação anunciou em abril o contingenciamento de parte do orçamento das universidades e dos institutos federais. Nesse contexto, a presidenta da Comissão de Educação e autora do requerimento para a audiência, deputada Beatriz Cerqueira (PT), recebeu denúncias de cortes em contratos de trabalho e na prestação de serviços básicos na UFU, a redução do quadro de estagiários e a suspensão do Programa Bolsas de Graduação, que tinha início previsto para setembro.

A deputada também foi informada do bloqueio, a partir deste mês, do pagamento de bolsas de iniciação científica relativas à contrapartida da UFU para com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado (Fapemig).

“Esses cortes prejudicam muito o funcionamento das universidades e a pesquisa científica em nosso Estado”, destaca Beatriz Cerqueira.

Foram convidados a participar do debate o Pró-reitor de Planejamento e Administração da UFU, Darizon Andrade, o presidente da Associação dos Docentes da instituição, Benerval Santos, a deputada federal Margarida Salomão (PT-MG) e representantes de movimentos estudantis e de sindicatos.

Transmissões ao vivo – Todas as reuniões do Plenário e das comissões são transmitidas ao vivo pelo Portal da Assembleia. Para acompanhá-las, basta procurar pelo evento desejado na agenda do dia.

Participe – Quem não puder comparecer à reunião ainda poderá fazer parte do debate por meio da ferramenta Reuniões Interativas do Portal, que estará disponível no momento da audiência. Questionamentos e dúvidas poderão ser encaminhados e, ao final, serão respondidos pelos convidados.