odebrecht

A mudança de nome da Odebrecht e seus 25 mil empregados

Com o nome envolvido em escândalos de corrupção no Brasil e no exterior, a Odebrecht passa a se chamada Novonor. A holding, que tem seis empresas em setores como engenharia e construção, petróleo e gás, mobilidade urbana e rodovias, além de mercado imobiliário, indústria naval e petroquímica, emprega 25 mil funcionários.

A mudança do nome marca o período de transformação, de acordo com a empresa, após processos internos ‘rigorosamente pautados pela ética, integridade e transparência’.

A Odebrecht adimitiu ter pago propina no Brasil e em mais 11 países.