Connect with us

Política

A dificuldade de Bolsonaro em ‘auditar’ eleição

Published

on

O partido do presidente Jair Bolsonaro (PL), que tenta reeleição, tem encontrado dificuldades para viabilizar contratação de uma empresa para ‘auditar’ as eleições de outubro, após inúmeras declarações públicas de que as urnas eletrônicas podem ser fraudadas, apesar de não mostrar provas de que isso tenha ocorrido.

‘Primeiro, o partido está avaliando se existe alguma empresa capacitada para depois não surgir alegação de que houve contratação de empresa mambembe. O segundo é o custo, que pode tornar inviável a contratação’, observou ao Estadão o advogado do PL, Tarcísio Vieira, ex-ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

‘O que pode ser discutido é metodologia. É evidente que ninguém quer a fórmula da Coca-Cola e não faz sentido abrir isso para quem quer que seja, mas fiscalização é algo que deveria ser estimulado em alto grau’.

Jornalista e editor dos sites Da Redação, Front Pages News e Cura Plena. Escritor do 'Museu da Notícia' e 'Quer um conselho?'.

Continuar Leitura
Advertisement
Advertisement

Mais vistas