A decisão do Governo Bolsonaro que joga a imprensa nas cordas

Crítico absoluto da imprensa, frequentemente desrespeitando jornalistas, o presidente Jair Bolsonaro pode comemorar a mudança no marco das startups, aprovado nesta terça-feira, 13: a desobrigação de empresas publicarem balanços em jornais impressos representa um golpe de R$ 150 milhões — estima o Ministério da Economia, de acordo com o Poder360 — para os veículos de comunicação, que ainda não conseguiram equilibrar as contas tentando viver apenas do digital.

Para empresas de capital fechado, ainda existe obrigação para as que tem faturamento superior a R$ 78 milhões.

A publicação exclusiva pela internet é um caminho mais prático e sem volta, mas decreta a falência de número significativo de veículos de comunicação em uma época a crise econômica, por si só, já representa um duro golpe.