A combinação imperfeita: sem auxílio, sem vacina e sem leito de UTI

No Painel da Folha desta segunda-feira, a jornalista Camila Mattoso alerta para a combinação imperfeita da semana que passou — e o que os especialistas afirmam que vai ser uma realidade ainda mais dura em março: sem auxílio-emergencial, sem vacinas e sem leitos de UTI suficientes (estados economicamente fortes e com representação política ‘exemplar’, como Rio Grande do Sul e Santa Catarina, estão com fila para internação de pacientes com Covid).

‘O presidente divulgou uma tabela com valores que cada Estado teria supostamente recebido em 2020. Nas entrelinhas, quis dizer que já dinheiro sobrando e que os recursos não foram bem utilizados. Governadores dizem que os dados são mentirosos’.

Flávio Dino (PC do B), governador do Maranhão, diz que Bolsonaro somou repasses federais de todas as áreas, que não podem ser destinados para combate à pandemia.