37 pacientes que foram transferidos de Manaus morreram

Ainda sem saber se os pacientes transferidos de Manaus para cidades de outras regiões do Brasil em decorrência do colapso no sistema de Saúde na capital do Amazonas estava com a nova cepa do Coronavírus, mas 37 pacientes (dos quase 600) morreram em um período de 24 dias, informa levantamento da Folha. A variante encontrada no Amazonas, a P1, apresenta algumas mutações semelhantes às encontradas na África do Sul e no Reino Unido, que pode ser mais letal.

Goiás confirmou nesta segunda-feira uma nova cepa, chamada de P2.

225 pacientes do Amazonas que foram transferidos já receberam alta.